Curiosidades

10 Empresas alemãs presentes no Brasil

Pinterest LinkedIn Tumblr

A parceria comercial entre Brasil e Alemanha é antiga e muito ampla, abrangendo praticamente todos os tipos de mercado. Recentemente, o diretor da Associação Ibero-Americana (IAV), Peter Rösler, declarou que cerca de 1.200 empresas alemãs estão representadas no Brasil. Assim, o Brasil é considerado o maior parque industrial da Alemanha fora do país. A seguir, conheça curiosidades e um pouco da história de 10 das maiores empresas alemãs presentes no Brasil.

Bosch

Mais conhecido no Brasil pelas ferramentas que produz, o Grupo Bosch ampliou sua área de atuação. Atualmente, é possível encontrar a marca até em geladeiras, por exemplo. No entanto, a empresa nasceu como uma oficina de mecânica e engenharia na cidade de Stuttgart, no ano de 1886. Mais tarde, na década de 50, deu início às suas atividades em solo brasileiro. Atualmente, a empresa conta com mais de 8.200 funcionários e oferece produtos e serviços em setores que vão de Bens de Consumo até Tecnologia Industrial.

Continental

Fundada em 1871 na cidade alemã de Hannover, sua principal área de atuação era a produção de artefatos de borracha, tecidos emborrachados e aquele que se tornou seu cartão de visitas para o mundo: o pneu. Na época, os pneus de borracha maciça eram produzidos para carruagens e bicicletas. Porém, a empresa demorou a se instalar no país, chegando aqui apenas no ano de 1997. 

Allianz

Fundada na Alemanha em 1890, essa é uma das maiores prestadoras de serviços financeiros do planeta. Na verdade, você sabe quem assegurou o Titanic? Isso mesmo, a Allianz. E como se não fosse o bastante, ela também foi a responsável pelo seguro do Programa Espacial da NASA. Presente no Brasil desde 1904, possui seguradoras espalhadas por todo o país.

Bayer

Dois empreendedores se juntaram em 1863 para fundar na cidade de Wuppertal aquela que viria a ser uma gigante da indústria química e farmacêutica. Logo em seguida, em 1896, chegaram ao Brasil dois representantes da Bayer com a missão de sondar a possibilidade de negócios no país, o que foi concretizado no mesmo ano. Hoje em dia, a empresa possui sede em São Paulo e uma fábrica no Rio de Janeiro, contando com cerca de 4.500 funcionários.

Siemens

No ano de 1847, nasceu a Siemens. Inicialmente, uma empresa de prestação de serviços, instalando linhas telefônicas e fabricando uma invenção própria, o telégrafo de ponteiro. Passado o tempo, no ano de 1905, é fundada no Brasil uma empresa para instalar a iluminação elétrica das ruas do Rio de Janeiro, a Companhia Brasileira de Electricidade Siemens-Schuckertwerke. Mas, ainda continuava sendo uma empresa de prestação de serviços. De fato, a Siemens só passou a produzir no Brasil no final da década de 30. Assim, passou a fabricar transformadores e disjuntores em São Paulo. Atualmente, possui 12 fábricas no país, contando com cerca de 6.000 funcionários.

Stihl

Com sede em Waiblingen, próximo a Stuttgart, a Stihl foi fundada em 1926 pelo inovador Andreas Stihl. Assim, a empresa se tornou referência em equipamentos para construção civil, jardinagem profissional e doméstica, agropecuária etc. Foi na década de 60 que a gigante das motosserras, seu produto mais famoso, cruzou o Atlântico e chegou ao Brasil. Porém, essa entrada foi intermediada por uma importadora. Então, foi somente no ano de 1975 que uma fábrica da marca alemã foi aberta em terras tupiniquins, no Rio Grande do Sul.

ThyssenKrupp

Thyssen e Krupp eram duas empresas que lidavam com aço desde o século XIX e já eram famosas na Alemanha. No entanto, em 1999 elas se juntaram e passaram a dominar o mundo dos grandes negócios. Chegando no Brasil antes da fusão, a Thyssen se juntou a uma empresa nacional de fabricação de elevadores em 1945, mas acabou adotando o nome oficial em 2002.

SAP

Para começar, é bom dizer que SAP, felizmente, é abreviatura deSystemanalysis Programmentwicklung. Nascida em 1972 na cidade de Walldorf, a empresa teve um começo tímido, como tantos outros negócios de sucesso. Inicialmente, contava com 5 funcionários. Atualmente, conta com mais de 100.000 trabalhadores espalhados pelo mundo e lidera o ramo de softwares para aplicativos, oferecendo soluções tecnológicas para empresas. Mais tarde, no ano de 1995, a SAP expandiu seus negócios para o Brasil onde possui mais de 1.500 funcionários.

Nivea

É pelo nome de Nivea que você conhece a Beiersdorf, que é a empresa dona da marca Nivea de cremes e cuidados com a pele. Uma das maiores empresas do ramo, ela já acumula mais de 130 anos no mercado. Além disso, conta com mais de 17.000 funcionários ao redor do globo. No Brasil, inaugurou uma fábrica em 2003, em Itatiba, no interior de São Paulo, e tem investido pesado nos últimos anos. Afinal, o Brasil é um dos maiores consumidores de cosméticos do mundo. 

Faber-Castell

Por fim, mas não menos importante, essa que talvez seja a mais conhecida de todas! Fale a verdade. Quando você escuta “numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo…” o que vem à sua mente? Lápis da Faber-Castell, é claro! De fato, a empresa deixou uma marca positiva em gerações de brasileiros. De fato, o grupo Faber-Castell é um dos grupos industriais mais antigos do mundo. Na verdade, ganhou destaque no mercado global sendo administrado pela família por nove gerações. Em terras brasileiras, sua fábrica está localizada na cidade de São Carlos, em São Paulo, e abastece grandes empresas do ramo de beleza. Aliás, foi a partir do ano de 2013 que a fábrica de lápis passou a produzir também cosméticos.

E aí? Quais dessas empresas você não sabia que era alemã? Gostou de descobrir? Compartilhe! Aproveite para aprender mais sobre a vida na Alemanha e outras curiosidades escutando nossos Podcasts, no lugar e na hora que você quiser. 

Deixe seu comentário