castelos

Por que existem tantos castelos na Alemanha?

Pinterest LinkedIn Tumblr

Por que existem tantos castelos na Alemanha?

Se tem algo que não falta na Alemanha é castelo! Na verdade, de acordo com o Instituto Europeu de Castelos (EBI), a Alemanha é o país com maior número de castelos do mundo.  Para começar, os números que cercam os castelos são tão imponentes quanto eles. Estima-se que existam mais de 25.000 castelos só em território alemão. Além disso, a área ocupada pelos castelos na Alemanha chega a incríveis 400.000km².  

Porém, um dado interessante é que eles costumam estar localizados a apenas 25km de distância uns dos outros. Você imagina o porquê? Já vamos te contar a resposta e ela não tem nada a ver com um condomínio fechado de classe alta. Na realidade, ela reflete bem a ostentação dos ricos e famosos de alguns séculos atrás. Mas, será que qualquer casarão antigo e cheio de quartos pode ser considerado um castelo? Além disso, eles tinham alguma outra função além de abrigar confortavelmente famílias ricas? E qual a diferença entre as palavras Burg e Schloss, usadas para “castelo” em alemão? O Alemanha Cast te convida para dar um passeio pela história medieval da Alemanha e vai te contar todos os detalhes pelo caminho. 

O que pode ser considerado um castelo

Tecnicamente, para ser considerado um castelo, a edificação deve ter sido erguida entre os séculos VIII e XVI, no máximo até o ano de 1545. Após esse período, grandes prédios com arquitetura semelhante podem ser considerados como palácios ou fortes, mas não castelos. Independentemente dos requisitos, a grande questão é: Qual a necessidade de tantos castelos na Alemanha?

Por que existem tantos castelos na Alemanha?

Existem várias razões para tanto investimento em grandes castelos. Mas, vamos ver pelo menos três motivos para o país ser cravejado dessas joias gigantescas. Além disso, vamos descobrir por que eram construídos tão próximos uns dos outros.

Possuir um castelo não era um privilégio dos governantes

Ao que parece, qualquer pessoa com os meios para tanto, podia construir um forte para chamar de seu. Na verdade, ter um castelo era como ter milhões de seguidores no Instagram, um símbolo de status. No entanto, na parte final do século XVI, os castelos como local de segurança para os ricos, deixaram de ser tão importantes. Assim, deram lugar aos palácios, que tinham por objetivo impressionar os visitantes.

Os castelos eram usados para vários fins

Essas construções sólidas também serviam como possível abrigo para os súditos do reino em caso de ataque inimigo. Teoricamente, a ideia era que o castelo pudesse abrigar todos os habitantes da região, além de seus moradores.  Ou seja, cada castelo na Alemanha também funcionava como um tipo de centro administrativo do reino. Aliás, muitos foram erguidos única e exclusivamente com esse objetivo.

A realeza europeia tinha uma queda por castelos

Quando entendemos o contexto histórico, dá para ter uma ideia do que se passava na mente dos governantes da época. A Alemanha era então conhecida como o Santo Império Romano da Nação Alemã e estava ganhando terreno. Paralelo a isso, os governantes da época entendiam que para governar e manter o respeito em todo seu território, precisavam ser vistos e estar em todos os lugares possíveis. Por isso, construíram grandes castelos para abrigar suas famílias, criados e acompanhantes.

Porém, lembre-se de que não existiam carros naquela época. Sendo assim, cada “casa” deveria ser próxima o suficiente para ser alcançada dentro de um dia de viagem a pé. Dessa forma, todos estariam em segurança, se sentindo em casa em qualquer lugar do país. A esses locais eram dados os nomes de Kaiserpfalz, ou Palácio Imperial.

Qual a diferença entre Burg e Schloss

Os castelos na Alemanha podem receber nomes diferentes. Mas, os mais comuns incluem as palavras Burg e Schloss. Então, quer entender a diferença entre elas? Veja a seguir.

Significado de Burg (Burgen no plural)

De início, essas construções eram fortes que serviam como torre de vigia. Sendo assim, diferente dos palácios, não possuíam jardins planejados ou grandes salões de festa. De fato, eram erguidos em localizações estratégicas para facilitar a proteção e o contra-ataque em caso de invasão do território dos donos. Com o tempo, foram melhoradas e se tornaram residências temporárias. Mas, para isso, as famílias nobres investiram e os transformaram em castelos luxuosos e seguros para quem ali procurasse abrigo.

Significado de Schloss

Por outro lado, você poderá ver claramente todo o planejamento envolvido na construção de um Schloss. Enquanto um Burg tem uma localização estratégica, sobre uma colina e próxima a uma fonte de água, um Schloss costuma estar dentro de uma cidade, com jardins bem desenhados e cheio de detalhes arquitetônicos e artísticos da época em que foram erguidos. Nesse caso, o objetivo não era servir de abrigo ou proteção. De fato, ele cumpria no passado o mesmo objetivo que cumpre hoje: impressionar! Com linhas elegantes, o Schloss reflete bem os tempos mais tranquilos da Idade Média. Ou seja, os nobres já se sentiam seguros o bastante para ostentar em suas residências, ao invés de se esconderem em fortes.

Burg ou Berg?

Como vimos, Burg quer dizer um forte, uma torre de vigilância. Mas, o que significa Berg, então? Em alemão, Berg quer dizer “montanha”. Sendo assim, se você for visitar o Schloss Heidelberg, vai ver que é um castelo (residência chiquérrima da nobreza) localizado no topo de uma montanha que dá nome ao local. Finalizando, podemos garantir que os castelos na Alemanha contam grande parte da história incrível desse país. Na verdade, faltaria tempo e espaço para destacar alguns dos castelos mais famosos da Alemanha. Por isso, fica para outro dia.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a Alemanha? Compartilhe com aquele grupo que está planejando uma viagem para a Europa. Aproveite para escutar nossas experiências e curiosidades sobre a Alemanha em nosso Podcast.

Deixe seu comentário