Cultura Alemã

Colônias alemães pelo mundo

Pinterest LinkedIn Tumblr

Quando se fala em colônia alemã, o que vem à sua mente? Se você pensou logo no sul do Brasil e nas tradicionais cidades em estilo europeu, você não é o único! Na verdade, o Brasil tem mesmo uma grande comunidade alemã. Mas, hoje vamos falar sobre outros países que são destino de milhares de alemães. 

De fato, estima-se que cerca de 250 mil alemães deixem o país anualmente. Não dá para definir com exatidão para onde todos eles vão, mas de acordo com a Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OECD), a Suíça, a Áustria e o Reino Unido são os países preferidos. Pelo menos na atualidade.

Migração alemã desde o século XIX

Estados Unidos

Na verdade, milhões de cidadãos saíram do país nos anos 1800. Quase 90% deles foi parar nos Estados Unidos. Sendo assim, existem aproximadamente 44 milhões de imigrantes alemães ou descendentes vivendo por lá.  De fato, se visitar a cidade de New Ulm, Minnesota, vai se perguntar se passou por algum portal e acabou na Alemanha. Afinal, são inúmeras referências ao país de origem de cerca de 65% dos habitantes. Aliás, ela foi fundada nos anos 1850 imigrantes que tinham por objetivo criar uma “comunidade alemã utópica em terras americanas. Isso é que é saudade de casa…

Suíça

Com mais de 300 km de fronteira, a Suíça e a Alemanha têm muito em comum, até no idioma. No entanto, apesar de suas semelhanças, os salários são maiores, os impostos mais baixos e o padrão de vida é mais elevado do lado suíço. Assim, é compreensível que mais de 450 mil alemães tenham ultrapassado essa linha do mapa. A maior parte deles se concentram em Zurique e região.

Áustria

Entre os países da UE, a Áustria é o destino preferido dos alemães. De fato, ela oferece poucas restrições para quem quer viver e trabalhar no país, seu idioma é parecido com o suíço-alemão e os alemães são bem-vindos ao país. Dessa forma, mais de 200 mil alemães vivem na Áustria. Viena é a segunda maior cidade em falantes do idioma alemão no mundo, só perde para Berlim. Logo, é onde se concentra a maior parte dos imigrantes alemães.

Reino Unido

Por outro lado, para os mais 150 mil alemães que vivem no Reino Unido atualmente, a adaptação deve ter sido um pouquinho mais complicada. Afinal, os ingleses não são de muito papo, gostam do cartão de crédito e não têm aquelas centenas pães incríveis que só se vê na Alemanha. Mesmo assim, Londres se tornou o lar de grande parte dos que se mudaram para o Reino Unido.

Países Baixos (Holanda)

Aparentemente, os alemães estão espalhados por várias cidades dos Países Baixos, como Amsterdam, Haia ou Rotterdam. Mas, eles se organizam em grupos para facilitar a adaptação ao país, à sua cultura e estilo de vida. Realmente, parece um porto seguro para quem quer conversar em alemão, conhecer compatriotas e manter vivos os costumes da terra natal.

Gostou? Compartilhe! Conheça mais sobre a vida a Alemanha em nosso site.

Deixe seu comentário