Neste primeiro episódio do Alemanha Cast, Vermelho e Charles falam um pouco sobre a decisão de mudar-se do Brasil para a Alemanha e desmistificam os primeiros passos do caminho da imigração.

Em uma breve observação da cultura alemã, nossos casters discutem as primeiras diferenças que o brasileiro recém-chegado precisa encarar, comentam sobre o ambiente de trabalho e dão algumas dicas básicas para começar a enfrentar a burocracia do visto.

Afinal, quais são os principais desafios desta empreitada? Falar inglês ajuda? É muito difícil aprender alemão? A vida na Europa é sempre maravilhosa? Estas e outras perguntas são respondidas neste episódio de estreia, uma espécie de prólogo de todos os encontros que ainda estão por vir.

Ficou curioso? Então, aperte o play, assine o feed e siga o Alemanha Cast nas redes sociais para não perder os próximos capítulos desta saga.

Download | iTunes | Spotify | Google Podcasts | Pocket Casts | CastBox


Créditos Músicas
Hep Cats – Kevin MacLeod (incompetech.com)
Mo-Do (Fabio Frittelli) – Eins, Zwei, Polizei


Apoie o Alemanha Cast
Acesse nossa página e contribua a partir de 5 reais por mês.


Alemanha Cast
Críticas, comentários, sugestões para podcast@alemanhacast.com.br ou nos comentários desse post.


Edição: Thomás
Imagens: Thomás

Autor

Criador, host e editor do Alemanha Cast.

Comentários

  1. Legal meninos, publicação muito esclarecedora abordada de forma leve e descontraída! Parabéns vocês arrasaram!!!

  2. Muito legal! É bem isso, a comunicação “turística” a gente sabe, mas e pedir algo específico? Faz como? Nem tinha pensado nisso 😆
    A gente só pensa que sair do Brasil é muito legal, só quem vive fora sabe das dificuldades!
    Boa sorte ela vcs aí!!!

    • Obrigado pelo comentário Rosane. Sim, justamente é essa a ideia, viagens, turismo, tem bastante conteúdo. O que queremos é mostrar o lado “real” de morar fora, pensa que é fácil?! haha 🙂

  3. Vanio Panato Preis Responder

    Parabéns Thomás e Charles, muito bom, bem instrutivo e serve como orientação aos candidatos a conhecer ou viver na Alemanha. Nota dez.

  4. Parabéns, uma grande atitude vcs estão fazendo muito. E acendendo luzes para muitas pessoas, Magicamente nos conectando com esse país maravilhoso.

  5. Simone e Guilherme Responder

    Ficou show, parabéns Vermelho e Charles, muito legal esta parceria de vocês!! Gostamos muito das dicas e da maneira leve e descontraída que abordaram os temas. Foi enriquecedor, aguardamos os próximos!!!

    • Fernanda Batista Preis Responder

      Olá Simone, muito obrigada por acompanhar nosso blog. 😉 Continue acompanhando que toda semana terá muitas novidades! Bjos

  6. MAGDIEL SCHMITZ Responder

    Muito bom o podcast. Bem informativo, esclarecedor e direto ao assunto. Vocês falam das necessidades e fatos que parecem triviais mas não são. Esse passo a passo desde quando chegaram é muito bom para quem nunca foi para o país. Faço Dr. em Eng. Elétrica e estou pensando em fazer um Dr. sanduíche aí na Alemanha.
    No aguardo pelos próximos episódios. Gostaria de um sobre encontrar moradia, se vocês acertaram tudo antes de ir ou aí mesmo quando chegaram. Documentos que precisa e qual o processo.

    Outra dúvida. Com inglês e um alemão muito básico consegue se virar? Na comunidade, meio acadêmico e até no meio empresarial. Abordando talvez por regiões da Alemanha (se varia muito).

    Continuem com o ótimo trabalho. Abraço Thomás e Charles.

    • Olá Magdiel, muito obrigado pelo comentário. Vamos gravar um episódio sobre buscar moradia, mas já posso adiantar, que dependendo da região pode não ser uma tarefa tão simples.
      Em relação ao idioma, também depende da região, tenho colegas que estão em Berlim e se viram normalmente sem falar alemão, já aqui onde moramos (Stuttgart) já não é bem assim. No meio acadêmico, tenho amigos fazendo mestrado em inglês (na área de TI) e outra pessoa em alemão (Engenharia).

      Já a moradia quando chegamos, ficamos em uma espécie de pensão, minha empresa ajudou a buscar o local. Alugamos o local definitivo somente depois de algumas semanas (quase 3 meses na verdade). 🙂

  7. Cristiane CRCC Responder

    Amigos, muito obrigado pelas informações!!! Estou acompanhando voces agora!!! Estou muito desesperada, pois meu marido será transferido para a Alemanha e teremos que mudar!!! Nao falamos Alemão, nem muito Inglês… o que esta me deixando mais desesperada é que vou com duas crianças. Tem alguma sugestão para me ajudar? Muito obrigado desde já.

    • Oi, Cristiane. É normal bater o desespero, mas tente ficar calma. Vocês já verificaram com a empresa onde seu marido irá trabalhar se haverá uma pessoa disponível para ajudar vocês? Com relação às crianças, elas são pequenas? Se forem para a creche, conhecemos um casal aqui que tem um filho pequeno e a adaptação foi muito tranquila. Nos primeiros dias, a criança fica só uma ou duas horinhas e a mãe fica junto. Se seus filhos já forem grandinhos e forem para a escola, talvez terão que fazer um curso de alemão antes de entrar na escola normal. Lembrando que o ano letivo aqui começa entre agosto e outubro, dependendo do Estado onde você vai morar. Mas procure se informar e venha com calma. Ao chegar aqui, você provavelmente terá tempo para ver tudo isso, pois os alemães adoram uma burocracia e tudo aqui demora, hehehe… Sobre não saber falar alemão, fique ligada aqui no site que em breve irei publicar um post com dicas para ir estudando por conta própria. 😉

  8. Amigos, parabéns pelo cast.
    Gostaria de saber se podem comentar algo sobre os brasileiros com cidadania alemã. Meus primos estão aí, morando em Emden, e foram nessas condições. Me parece que o governo ajuda até que eles consigam se estabelecer. Também sou de TI, trabalho numa empresa de datacenters bem grande e que possui alguns (muitos) DC aí na Alemanha. Eu e minha esposa estamos muito inclinados a viver essa experiência.

    • Fernanda Batista Preis Responder

      Olá Rodrigo, obrigado pela dica, vamos tentar no futuro gravar um podcast sobre cidadania. No entanto se você é da área de TI e tem formação e experiência suficiente, você pode vir para a Alemanha com o Bluecard, acredito que é bem mais fácil do que conseguir a cidadania. Obrigado pela mensagem!

Deixe seu comentário

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com